quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

A despedida do ano 1988

E pronto, dou por terminada a tarefa de resumir a história dos discos e das bandas de 1988. Ainda faltava falar de mais alguns trabalhos, mas no meu caso só faz sentido aborda-los neste ano de 2008 que está quase a acabar e por isso queria agradecer a todos aqueles que ajudaram a formar esta República.

Primeiro queria começar por agradecer ao Puto, à Sakiko Wang, ao Eduardo, à Lau, ao Malta, ao Barbed Wire, ao Noronha, ao André Faria, ao Dudes, ao iTeixeira, à Alice, à iMaria, ao Kay com especial abraço para o meu clube de fâs de Carrazeda de Ansiães e por fim ao Roque Santeiro.

Também queria agradecer aos ilustres desconhecidos que por aqui passaram como é o caso do Mancha, ao Luis Cardoso que com o seu comentário engrandeceu este blog pois ficamos todos a saber que o primeiro Maxi-Single da música portuguesa aconteceu em 1978 e pertence aos Arte & Oficio e finalmente ao M.A., que desconfio ter uma costela portuense o que me leva a crer que um dia irei conhecê-lo pessoalmente. Já agora aproveito para salientar o grande trabalho realizado pelo M.A. no seu April Skies.

Queria também agradecer a todos aqueles que me acompanharam nas dez sessões do "20 Years" e que aqui foram tratados com todo o carinho e estima possível. Obrigado a todos.
Queria também agradecer a TI e, como também sou educado, a SI.

Ainda não decidi o futuro desta República, mas tenho a certeza que não vou poder mais dispensar o tempo que é necessário para fazer um trabalho, no mínimo, razoável. Resta-me desejar um bom ano de 2009, deixando-vos com uma canção de 1988 retirada de um dos bons álbuns desse ano, "Tender Pervert" de Momus. Espero que gostem.

5 comentários:

Rock Santeiro disse...

Abel, um grande abraço. A República tem sempre futuro :)
Vamos ficar atentos à tua decisão. Porém, e sem que o entendas como pressão, vais fazer-nos falta a todos se parares em definitivo.
Tenho pena de não ir beber um copo contigo a Mercedes, mas fica como prioridade nos meus planos noctívagos, agora muito mais reduzidos. Um grande 2009, companheiro.

O Puto disse...

Caro Abell, muito obrigado por tudo, especialmente pela HONRA de ter passado música no Mercedes e estreado a tua rubrica "20 Years Party People". Espero que 2009 traga mais do melhor. Grande Abraço!

Lau disse...

Meu querido Abel, nem penses em parar. Esta Republica salva-me do ócio musical do milénio! Sabes que só gosto de aprender sempre com os melhores :) Por isso, toca a trabalhar - uma nova rubrica! E como me senti triste em estar doente na TUA NOITE do Blá :(

Um beijinho mais que enorme!
Lau

eduardo disse...

Antes de mais agradecer os convites realizados à minha pessoa tanto como dj como com banda. Foi um sonho tornado realidade.

Em relação ao blog, é uma questão de ires "postando" ocasionalmente, mas tentar não fechar a porta.

Rock on!

M.A. disse...

Há tanto tempo que não passava por aqui, que não sei se sou merecedor de tão rasgados elogios. Nem imaginava que estava a perder estes últimos posts dedicados aos Fugazi e aos Hüsker Dü, que me parecem perfeitos para encerrar da melhor forma um blogue que vai deixar saudades.
Aproveito para dizer que não tenho uma costela portuense, mas ando lá perto :) Mas isso não impede que um dias destes não possamos conhecer-nos pessoalmente.

Abraço e Bom Ano!