segunda-feira, 14 de julho de 2008

Top Ten 1988: Sonic Youth "Daydream Nation"



Formados em 1981, em Nova York, por Thurston Moore (guitarra, voz), Kim Gordon (baixo, voz), Lee Ranaldo (guitarra, voz) e Steve Shelley (bateria), os Sonic Youth são um dos maiores fenómenos da história da música independente. A honestidade artística e a coragem de fazer música sem medo de experimentar aliada a um dos lemas da banda "do-it-yourself", fazem dela um caso único de popularidade com uma legião fiel de fãs e um reconhecimento total por parte da imprensa, tornando-os no maior exemplo vivo da cultura "indie" desde a década de 80 até aos nossos dias.

Conheci-os nos finais de 1986, através de um amigo dos tempos da rádio e a propósito dos Husker Du, que me emprestou uma k7 com a gravação do "Evol", o primeiro disco gravado pela SST e já com aquele que viria a ser seu baterista definitivo, Steve Shelley. Todo aquele conjunto de melodias com distorções e muitas experimentações levou-me a ir vender alguns discos à Vandoma para depois ir comprar ao Vitor da saudosa "Tubitek" o "Sister", lançado em 1987. A partir daqui os Sonic Youth vão ganhando aos poucos o rótulo de grande nome do cenário underground americano. Sem abandonar as sonoridades alternativas e as experimentações, a banda continua a fazer concertos incendiários pelos EUA e em outros países.

Em 1988 editam o seu 5º álbum de estúdio, o aclamado "Daydream Nation", que para muitos é o melhor disco dos Sonic Youth, onde a banda encontrou o equilíbrio perfeito entre o experimentalismo e a melodia, entre as distorções de guitarra e as harmonias marcantes. Músicas como "Silver Rocket" e "Teen Age Riot" fizeram a banda ser definitivamente reconhecida como uma das melhores dos EUA. Obviamente, não eram um sucesso radiofónico nem comercial, desses que costumam aparecer frenquentemente nos EUA
para depois desaparecerem completamente), mas dado o estilo e a postura da banda, o sucesso era relativamente significativo.

video

Faz hoje 15 anos e em plena febre grunge que os Sonic Youth visitaram pela primeira vez Portugal para um concerto na Praça de Toiros do Campo Pequeno, a primeira parte foi feita pela banda do Tó Trips, os Lulu Blind. Assistiram a este concerto 6.000 pessoas e foram feitas 1.250 cópias em disco autorizado pelos Sonic Youth. Regressaram a 8 de Agosto de 1998 ao Festival Sudoeste, na Zambujeira do Mar. No ano seguinte, a 19 de Fevereiro estiveram na Aula Magna, Lisboa. No dia 14 de Julho de 2000 foram ao Festival de Vilar de Mouros. A 25 de Maio de 2003 foram ao Coliseu de Lisboa. No ano passado, a 15 de Agosto estiveram presentes no Festival de Paredes de Coura.

Artigos relacionados: Since 1988

Sem comentários: